• Uma ‘casa rural’ sem ser muito rural, pela localização em pleno centro de Trujillo, pela arquitectura vanguardista e pela decoração moderna. Uma casa para que se sinta em casa.

    A casa, do século XVI e recém-reformada, tem 6 apartamentos amplos e de alta qualidade à sua disposição. Com um pátio muito verde e aconchegante, onde ler à sombra dum limoeiro ou dormir a sesta numa cômoda rede.

    E nos dias de calor também podem dar um mergulho na nossa piscina. Uma oferta diferente no coração da província de Cáceres (Extremadura): Trujillo.

  • O nome é um neologismo criado por Miguel de Cervantes. Aparece no capítulo 21 da primeira parte do “Dom Quixote” (1605). Neste episódio, o engenhoso fidalgo estava convencido de que o elmo em questão era o famoso elmo de Mambrino -rei mouro a cujo capacete se atribuía poderes mágicos- enquanto o resto do mundo via nele uma simples bacia de barbeiro. Cervantes, com a sua habitual agudeza de espírito, põe na boca de Sancho Panza o termo ‘baciyelmo’, resolvendo assim a disputa entre Dom Quixote e os demais.

    Quando descobrimos que Cervantes também tinha estado por estas terras, veio-nos a inspiração para o nome do nosso hotel, baseado nessa ideia de múltiplas perspectivas e realidades. O nosso ‘baciyelmo’ também é várias coisas de uma só vez: um negócio e uma vivenda familiar num edifício ao mesmo tempo antigo e moderno, já que se trata de uma casa do século XVI, embora remodelada para oferecer todas as comodidades da vida actual.


Oferecemos 6 apartamentos de alta qualidade, com casa de banho privativa, mini-cozinha, TV, WiFi, chão radiante e ar condicionado. Também pode desfrutar do nosso jardim, da piscina e da biblioteca. Estacionamento.

Hotel não fumadores.